doismileoito (2009)

by doismileoito

/
1.
2.
3.
4.
5.
6.
02:45
7.
8.
02:27
9.
02:06
10.
11.
02:25
12.

credits

released February 2, 2009

Letras e músicas por Pedro Pode.
Arranjos pelos doismileoito.

tags

license

all rights reserved

about

doismileoito Porto, Portugal

contact / help

Contact doismileoito

Streaming and
Download help

Track Name: O caminho que fazias ganhou silvas e a tua gaveta pó
O caminho que fazias ganhou silvas
E a tua gaveta pó
Track Name: A ponte Findling
Mais que um pacto é o que eu sei
Mais que um caminho é ponte mas não tem
Nada para me agarrar
E o vento é pó
 
Vem força faz-te em mim
Conduz que eu vou atrás
O mato é bravo é escuro
E as pernas não dão mais
 
Só mais uma vez em cem mostra o que é que o som faz
Mal pois afasta os pés do chão
 
Eu vi TV a mais
E talvez só os maus canais
Mas cansou
E enquanto a vi não vi que a vida é um dia
E é hoje
 
Só mais uma vez em cem mostra o que é que o som faz
Mal pois afasta os pés do chão
E adultera o que eu sou
 
Meu corpo transporte é dos teus males
Sonhos são para mim mais
Que um jantar

Sou um robô
Mais um
Track Name: Acordes c/ arroz
Algo em mim me impede de amar o sol
Vejo-o como uma luz apenas sol
Faz falta a chuva o frio o vento
E em tempo assim vale ouro o teu calor

Tenho medo do cedo anoitecer
Tenho frio e temo não o ter

Ó céu, faz chuva em mim

O que é que interessa o bem sem passar mal
Tal e qual as caras num postal
Não me quero assim mas estou assim
Eu temo o mal mas quero lá voltar

Como maionese e muito sal
Bebo coca-cola e não faz mal

Ó céu, faz chuva em mim

Mais que um sapato gasto eu sinto que é o fim
Enterra a dor e os ossos no teu jardim

Ó céu, faz chuva em mim
Ó céu, faz chuva em mim
Track Name: Cântico protoneo
Eu não vou por aí
Eu não sou de ir por ir

Eu não estou
A não ir
Já passou
Tenho de ir

Eu não vou por aí
Eu não sou de ir por ir

Nem que eu não tenha para onde ir eu não vou
Quem deu um passo para ir lá ficou
Sei eu os que eu dou para fugir
E também os passos a dar para cair
Track Name: Cabanas (peterpanismo)
Não sabia que era assim
Nem pensei por cá passar
Sempre imaginei quem fui
Enquanto brincava às cabanas

Eu sei lá
O que eu pensava
Era um rei lá
E aqui sou um nada a mais

Não posso voltar atrás
Se ainda de lá não saí
É peterpanismo eu sei
Mas ainda brinco às cabanas

Eu sei lá
O que eu pensava
Era um rei lá
E aqui sou um nada a mais

Mas eu sei lá
O que eu pensava
Era um rei lá
E aqui sou um nada a mais
Track Name: Caratéquide
Ei mas isso eu já sei
Mostra-me o que é feio em ti
Sem que temas que alguém
Filtre o gozo que há em si

Mostras-me o teu deus
Mostro-te um dos meus
Achas mal e vais
Atrás do sol

Volto a fazer sombra
Ao falar em ter
Lado escuro e assusto
Mas foi sem querer

Ei mas isso eu já sei
Mostra-me o que é feio em ti
Sem que temas que alguém
Filtre o gozo que há em si

Falas num tom são
Que eu nem sei se eu não
Sou mais um degrau
E em mim vais cair

Saltas-me e assim vais
Escada fora a ser
Quem tu queres e o feio
Eu fui sem ver

Ei mas isso eu já sei
Mostra-me o que é feio em ti
Sem que temas que alguém
Filtre o gozo que há em si
Track Name: Bem Melhor (12200074)
Tudo correu mal adeus
Espero por ti lá em casa
Nada mais irá mudar
Se eu mandar isto não acaba

Por que é que eu insisto em tê-la para mim
É pior bem pior
Diz-me o porquê e a solução para dor que eu senti

Bem melhor

Sei vê-lo nos olhos eu sei ver
Sei vê-lo em ti
Bem melhor

Somos um dois a pensar
E o dois em um que é só desejo em mim
Eu passo o tempo sem matar
Mas bato e sigo em sadomaso

Por que é que eu insisto em tê-la para mim
É pior bem pior
Diz-me o porquê e a solução para dor que eu senti

Bem melhor

Sei vê-lo nos olhos eu sei ver
Sei vê-lo em ti
Bem melhor
Track Name: SO05SO06
Estou só tão só
Que até dói
Ser quem sou mete dó

Queria dar colo a alguém
Mas ninguém quer meu colo
Track Name: A.T.L.
Escola a mais faz mal ao meu sono
Sono a mais dá corda aos meus sonhos

Espero obter sinais
Eu esperei tempo a mais
Eu penso imenso em tons de azul

Meu tempo a mais é o teu
Eu moro além do céu
E para embalar meu corpo, falas
Track Name: Música d'homens
Tranca a porta eu passo bem
Sem estar em casa eu como o lixo
Eu como quem tem
Morada-aberta e não foge
Assim que eu mostro os meus
Demónios são assim-assim
Não metem medo
O que mete medo é eu sentir
Que o fim
Se aproxima a cada passo
E eu penso em não voltar
Mas voltei

Senti-me mal
Assim que entrei aqui
Senti-me mal
Assim que eu que olhei para ti
É sempre igual
Mas fico até ao fim
E é sempre a calma o que me prende a ti
Mas quem sabe um dia acaba aqui

Parto a medo disso sou capaz
O que eu queria mesmo era
Sair e sem olhar para trás
Batia a porta a avisar: não sei quando volto não chores mais
Quero um tempo só para ti
Para já o que eu tenho é pouco
E é muito o tempo gasto aqui
Quero encontrar na terra o céu inferno
E nem da cama eu saí

Senti-me mal
Assim que entrei aqui
Senti-me mal
Assim que eu que olhei para ti
É sempre igual
Mas fico até ao fim
E é sempre a calma o que me prende a ti
Mas quem sabe um dia acaba aqui

Senti-me mal
Eu senti-me mal
Eu senti-me mal
Eu senti-me mal
Aqui
Track Name: Tempo a mais
Tempo a mais não é bom
Mostra o que eu não devo ver e eu
Tento então não olhar
Mas o que eu não queria ver
Sou eu

Espaço a mais também não
É bom para quem quer andar vai
Querer correr vai cair
E pôr-se a pé sem querer saber
Onde caiu
Track Name: Engate ao espelho
Estás com quem?
Ainda bem
Sendo assim
Vou-me sentar

Cheiras bem
E eu também
Quem nos vir
Vai pensar mal

Já tentei
Mas não deu
O cheiro é bom
Mas não é o meu

Vou pagar
Tenho de ir
Dorme bem
Que eu vou tentar